Gramática & Recursos

Este grupo centra-se na modelação do conhecimento linguístico integrando conhecimento sobre interfaces entre diferentes áreas da gramática e conhecimento sobre o uso da língua. O grupo tem como característica distintiva o trabalho conjunto nas áreas da fonologia, do léxico, da sintaxe e da semântica, com o objetivo de construir um modelo integrado de gramática, considerando a forma como o conhecimento linguístico é representado na mente humana, bem como a forma como esse conhecimento poderá ser modelado computacionalmente; o trabalho sobre a aquisição de L1 e L2 está naturalmente no centro deste programa de investigação. A integração de modelos de representação do conhecimento linguístico e de modelos de uso da língua é conseguida através do estudo de corpora.

A produção de corpora e recursos em geral serve ainda o objetivo do grupo de produzir documentação e descrições do português europeu contemporâneo, bem como de línguas menos estudadas que resultam de contacto linguístico (crioulos de base lexical portuguesa, variedades nacionais do português em África e na Ásia). O grupo produz ainda recursos para o estudo da aquisição do português como L1 e como L2 em diferentes situações de aquisição. O grupo integra o CLARIN LP.

A investigação desenvolvida por vários membros do grupo na área da aquisição de L1 e L2 contribui diretamente para o objetivo geral do CLUL de articulação entre investigação fundamental e aplicada, nomeadamente nas áreas da Linguística Educacional e da Linguística Clínica.

São, atualmente, grandes objetivos do grupo:

- Produzir novos recursos para o estudo do português e de crioulos de base lexical portuguesa;

- Continuar investigação fundamental que visa a modelação do conhecimento linguístico, integrando conhecimento sobre interfaces internas à gramática;

- Continuar a documentação e descrição de crioulos e novas variedades do português que emergiram em situação de contacto de línguas;

- Desenvolver o estudo da aquisição do português, dando especial atenção a situações de contacto linguístico (no âmbito do recente Heritage Language Consortium) e à comparação entre desenvolvimento típico e atípico;

- Explorar a potencialidade da linguística comparada para a produção de recursos para a tradução e promover, na mesma área, ligações à indústria.

IR do Grupo

Membros

Colaboradores

Outros ex-membros
Armando Zamora, Maria Sampedro Mella
Recursos Tipo
A Lexicon of Child European Portuguese - CEPLEXicon Léxico
Acquisition of European Portuguese Databank - AcEP Base de dados
Base de Dados para a Identificação do Português Língua Nativa - NLI-PT Base de dados
Child-Adult Interaction Corpus - CAI Corpus
Child-Adult interaction European Portuguese Base de dados
Corpus Almeida - European Portuguese / French Corpus
Corpus Angolar Corpus
Corpus C-ORAL-ROM Corpus
Corpus CCF Corpus
Corpus CINTIL Corpus
Corpus de Português de Cabo Verde Corpus
Corpus de Português do Sri Lanka Corpus
Corpus de Referência do Português Contemporâneo - CRPC Corpus
Corpus de Textos Literários - LT Corpus Corpus
Corpus do Parlamento Português anotado com POS - PTPARL Corpus
Corpus Fadambo Corpus
Corpus Leiria (1991) Corpus
Corpus Online de Escrita e Fala de Crianças nos Primeiros Anos de Escolaridade - EFFE-On Corpus
Corpus PESTRA Corpus
Corpus Português Fundamental - Corpus PF Corpus
Corpus Principense Corpus
Corpus REDIP Corpus
Corpus Santome Corpus
Corpus SANTOS - Português Europeu Corpus
Crosslinguistic Child Phonology Project - Português Europeu - CLCP-PE Ferramenta
Dados Orais de Cabo Verde - CV Words Base de dados
Demo de Subespecificação e Desambiguação de Escopo Ferramenta
Dicionário de Hindi-Português-Hindi Base de dados
Diu Indo-Portuguese Data Set Base de dados
Interacção Pessoa-Máquina em Linguagem Natural - INQUER Base de dados
Learner Corpus of Portuguese L2 - COPLE2 Corpus
Léxico Multifuncional Computorizado do Português Contemporâneo Léxico
NPChunks: Corpus of 1000 sentences annotated with PoS and nominal chunks - NPChunks Corpus
Online Dictionary Portuguese-Slovak/Slovak-Portuguese Base de dados
Pereira&Freitas - EP Corpus
PhonoDis Corpus
Português Controlado - CLG Base de dados
Português Falado - Variedades Geográficas e Sociais Corpus
Portuguese Corpus Annotated for Modality - MODAL Corpus
Portuguese Lexicon of Discourse Markers - LDM-PT Léxico
Portuguese Technical Lexica - LEXTEC Léxico
Ramalho – EP Corpus
Recolha de dados de PLE Corpus
Santome Structure Dataset Base de dados
Spoken Corpus Mozambique 1986-87 - SCM Corpus
Tarefas de Consciência Fonológica para Crianças do 1.º Ciclo do Ensino Básico - TCFC Ferramenta
Tarefas de produção orais e escritas de sequências consonânticas - PORESC Ferramenta
Unidades Lexicais Multipalavra Nominais em Português Europeu Léxico
Vocativos em Português Europeu Corpus
Word Combination in European Portuguese - LEX-MWE-PT Léxico
WordNet.PT Léxico
Capítulo de Livro
Peres, J. A., Móia, T., & Marques, R. (1999). Sobre a Forma e o Sentido das Orações Condicionais em Português. In Lindley Cintra. Homenagem ao Homem, ao Mestre e ao Cidadão (I. H. Faria, org. , pp. 627-653). Lisboa: Edições Cosmos / Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
pdf775.42 KB
Mata, A. I., & Neves, B. (2012). A mulher que prendeu a chuva. In (pp. 93-108). - leituras entrecruzadas, in Nada na Linguagem lhe é Estranho. Homenagem a Isabel Hub Faria.
Moniz, H., Batista, F., Trancoso, I., & Mata, A. I. (2011). Analysis of interrogatives in different domains. In Towards Autonomous (Adaptive and Context-Aware Multimodal Interfaces: Theoretical and Practical Issues, pp. 136-148). A. Esposito, A. M. Esposito, R. Martone, V. C. Müller & G. Scarpetta. Berlin / Heidelberg: Springer.
Moniz, H., Trancoso, I., & Mata, A. I. (2010). Disfluencies and the perspective of prosodic fluency, in Development of Multimodal Interfaces: Active Listening and Synchrony. In (pp. 382-396). Esposito, N. Campbell, C. Vogel, A. Hussain & A. Nijholt. Berlin / Heidelberg: Springer.
Mata, A. I. (2006). Impressões digitais: linhas de identificação de um professor de língua portuguesa, in Ensino do Português para o Século XXI. In (pp. 83-97). Duarte & P. Morão. Lisbon: FLUL/Edições Colibri.
Mata, A. I. (1992). É só ouvir.. In (pp. 45-74). M. R. Delgado-Martins, D. Ramos Pereira, A. I. Mata, M. A. Costa, L. Prista & I. Duarte. Lisbon: Colibri.
Mata, A. I. (1992). Questões de Entoação e Interrogação em Português. In (pp. 33-73). I. Pereira, A. I. Mata & M. J. Freitas. Lisbon: Colibri.
Mata, A. I., & Pereira, R. (1991). Natureza, aquisição e aprendizagem do conhecimento linguístico, in Ensino-Aprendizagem da Língua Portuguesa. In (pp. 61-86). Barbeiro, E. Fonseca, C. Nobre & E. Machado. Leiria: E.S.E.
Mata, A. I. (1991). Ensino da gramática: uma caracterização, in Documentos do Encontro sobre os Novos Programas de Português. In (pp. 81-115). Delgado-Martins, I. Duarte, A. Costa, D. Ramos Pereira, L. Prista & A. I. Mata. Lisbon: Colibri.
Cabarrão, V., & Mata, A. I. (2014). Constituintes afirmativos em Português Europeu: propriedades prosódicas e discursivas. In Textos Selecionados do XXIX Encontro Nacional da APL (pp. 121-137). Coimbra: Universidade de Coimbra.
Moniz, H., Batista, F., Trancoso, I., & Mata, A. I. (2014). Discriminação automática de sinais de pontuação e de disfluências. In Textos Selecionados do XXIX Encontro Nacional da APL (pp. 395-405). Coimbra: Universidade de Coimbra.
Moniz, H., Batista, F., Trancoso, I., & Mata, A. I. (2012). Análise de interrogativas em diferentes domínios. In Textos Selecionados do XXVII Encontro Nacional da APL (pp. 496-510). Lisboa: APL.
Moniz, H., Mata, A. I., & Trancoso, I. (2011). A classificação das disfluências como mecanismos de (dis) fluência e os seus contextos prosódicos. In Textos Seleccionados do XXVI Encontro Nacional da APL (pp. 420-432). Porto: APL.
Moniz, H., Mata, A. I., & Viana, M. C. (2008). Mecanismos de (dis) fluência em contexto escolar. In Textos Seleccionados do XXIII Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística (pp. 329-343). .
Viana, M. C., & Mata, A. I. (2001). Fraseamento prosódico automático em PE com técnicas CART, in Razões e Emoção - Miscelânea de Estudos Oferecida a Maria Helena Mira Mateus pela sua Jubilação. In . Castro & I. Duarte. Lisbon: DLGR-FLUL.
Matos, G. (2014). Anteposição de constituintes verbais, cópias e elipse. In O Universal e o particular: uma vida a comparar – Homenagem a Maria Francisca Xavier (Fiéis, A.; Lobo, M.; Madeira, A, pp. 231-251). Lisboa: Edições Colibri.
Gonçalves, A., & Matos, G. (2008). Restruturação e Anáfora do Complemento Nulo em Português Europeuin Textos Seleccionados do XXI Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística. In Textos Seleccionados do XXI Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística (Frota, S.; Santos, A.L., pp. 207-223). S. Retrieved from https://apl.pt/wp-content/uploads/2017/09/16-Goncalves_Matos.pdf
Matos, G. (1997). Configurações Sintácticas em Estruturas de Colocação Simultânea de Clítico. In Sentido que a Vida Faz — Homenagem a Óscar Lopes (A. M. Brito and F. Oliveira and I. P. de Lima and R. M. Martelo. Porto: Campo das Letras, pp. 705-717). Porto: Campo das Letras.
Matos, G. (1991). Frases Coordenadas, Sujeito Nulo e Co-referência. In Encontro de Homenagem a Óscar Lopes (pp. 23-140). Maia: Gráfica Miradouro.
Matos, G. (1989). Null VP in Portuguese and English, in Cadernos da Associação Portuguesa de Linguistica -‘Workshop’ sobre Gramática Generativa. In . Lisboa: Reprografia da Associação de Estudantes da Faculdade de Letras de Lisboa.
Marrafa, P., Amaro, R., Freire, N., & Mendes, S. (2012). Portuguese Controlled Language: coping with ambiguity. In T. Kuhn & Fuchs, N. E. (Eds.), Controlled Natural Languages – CNL 2012 (pp. 152-166). Berlin Heidelberg: Springer-Verlag.
Amaro, R., Mendes, S., & Marrafa, P. (2010). Encoding Event and Argument Structures in Wordnets. In P. Sojka, Horák, A., Kopecek, I., & Pala, K. (Eds.), TSD 2010 (pp. 21-28). Berlin Heidelberg: Springer-Verlag.
Amaro, R., Mendes, S., & Marrafa, P. (2010). Lexical-conceptual relations as qualia role encoders. In P. Sojka, Horák, A., Kopecek, I., & Pala, K. (Eds.), TSD 2010 (pp. 29-36). Berlin Heidelberg: Springer-Verlag.
Martins, F., Rodrigues, C., & Brissos, F. (2014). Fronteiras de vozeamento na identificação do falante. In Textos selecionados do XXIX Encontro da APL (pp. 345-359). Porto: APL.
Rodrigues, C. (2012). Variantes não-standard e tipo de discurso: (des) encontro de resultados. In Nada na linguagem lhe é estranho. Estudos em homenagem a Isabel Faria (pp. 215-228). A. Costa & I. Duarte. Porto: Edições Afrontamento.
Rodrigues, C. (2012). Aspetos segmentais e variação dialetal. In Os sons que estão dentro das palavras (pp. 143-170). in, M. J. Freitas, C. Rodrigues, T. Costa & A. Castelo. Lisboa: Colibri.
Mateus, M. H., & Rodrigues, C. (2003). A vibrante em coda no Português Europeu . In Teoria Linguística Fonologia e outros Temas (D. Hora and G. Collischonn. João Pessoa, pp. 181-199). Universitária da universidade Federal da Paraíba.
Móia, T., & Alves, A. T. (2013). Tempo Adjunto e Tempo Discursivo. In Gramática do Português (Volume I) (E. B. P. Raposo et al., orgs. , pp. 557-581). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
Móia, T. (2013). Orações Relativas de Quantidade e Quantificadores Implícitos. In XXVIII Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística. Textos Selecionados 2012. Faro 2012 (pp. 473-492). Coimbra: Associação Portuguesa de Linguística.
pdf237.85 KB
Móia, T. (2012). On Temporal Measure Quantification over Eventualities. In La Quantification et Ses Domaines, Actes du Colloque de Strasbourg, 19-21 Octobre 2006 (C. Schnedecker & C. Armbrecht, éds., pp. 367-380). Paris: Honoré Champion.
pdf210.48 KB