Imprimir

Entidade proponente e financiadora:

Fundação Calouste Gulbenkian 

 

Comissão Organizadora:

Eduardo Paiva Raposo (Universidade da Califórnia, Santa Bárbara)

Luísa Segura (CLUL)

Maria Antónia Coelho da Mota (CLUL)

Maria do Céu Viana (CLUL)

Maria Fernanda Bacelar do Nascimento (CLUL)

 

Equiparação a Bolseiro para colaboração no projecto:

Maria da Graça Vicente

 

Assessoras:

Amália Mendes

Rita Veloso

 

Descrição do Projecto:

O projecto tem como objectivo elaborar uma gramática descritiva do português europeu contemporâneo. A variedade padrão é tomada como referência, prestando-se no entanto atenção à variação geográfica e social associada a alguns dos tópicos estudados. Certas questões particularmente interessantes do ponto de vista da comparação entre variedades nacionais do português (da Europa, do Brasil e de África) são objecto de comentários, por vezes bastante desenvolvidos. A história externa do português, as mudanças que conheceu ao longo do tempo e as características que actualmente o distinguem das restantes línguas românicas constituem igualmente objecto de descrição. A Gramática beneficia dos resultados da investigação recente sobre o português, apresentados de forma acessível ao público-alvo definido como tendo um nível de instrução médio/superior, não sendo necessariamente especialista em linguística. Prevê-se que a Gramática contenha cerca de 30 capítulos (e cerca de 2.200 páginas) sobre Fonética, Fonologia, Morfologia, Sintaxe, Semântica e Pragmática/Discurso. A Comissão Organizadora, responsável pela versão final da obra, convidou linguistas portugueses e estrangeiros de reconhecido mérito para elaborarem os diferentes capítulos da Gramática, contando-se assim com autores das seguintes universidades: UL/CLUL, UL, UNL, Porto, Coimbra, Braga, Maputo, Federal do Rio de Janeiro, Federal da Bahia, Santa Barbara e Estocolmo.